5 de novembro de 2015

Cinco canais de yoga no Youtube


Apesar de bufar feito uma porca durante os exercícios e reclamar das dores no dia seguinte, eu amo yoga. Parece muito fácil para quem está olhando, mas é uma verdadeira tortura para quem pratica. Nem por isso é ruim. Pelo contrário, acredito que seja viciante. Veja bem, eu vivo precisando emagrecer por causa dos antidepressivos – o “efeito sanfona” parece ser algo genético e piorou quando comecei a tomar medicação controlada. Ignorar calorias é um luxo que não posso (mais) me dar. Portanto, fui obrigada a arranjar um jeito de perder (e manter) o peso.

Problemas de coração também são genéticos, então tenho que tomar cuidado redobrado. Como sou caipira e tenho preguiça de ir ao cardiologista, optei por não sobrecarregar o sistema e mantê-lo deboa o máximo possível sem me tornar sedentária. Ou seja, academia nem pensar. Sim, eu posso fazer. Quero dizer, poderia se tivesse um acompanhamento médico. Por outro lado, mesmo acompanhada, música eletrônica, aparelhos suados e humanos em geral não fariam meu feitio.

Daí você pensa: pilates. É mais intimista, menos dinâmico, “tem uma pegada zen, você vai gostar”... Nem morta. Na Inquisição, talvez. Ou em 1968. O pessoal da Idade Média até poderia curtir. Eu não. Muitas pessoas recomendaram e eu cheguei a usar a desculpa da lordose para escapar. Quando o assunto é ser lisa, aliás, sou a melhor. Principalmente quando envolve ginástica. “Ah, mas as minhas costas... O meu coração... E a bronquite asmática...” Deu para perceber nos dois primeiros parágrafos, né?

Só que, então, eu conheci o yoga e não encontrei nenhum problema. Além de trabalhar o corpo, modela o espírito. É uma técnica viva e ao mesmo tempo frágil. Ajuda a treinar a respiração, o que é excelente para quem sofre de problemas emocionais. Equilibra o humor, o que é imprescindível para loucos do cu como eu. E além de tudo isso é uma ótima ferramenta para a meditação, prática que se tornou parte do meu dia a dia.

E esse texto está ficando maior do que deveria.

Enfim, quanto mais me interessei pelo assunto mais fontes fui encontrando a respeito. Resolvi começar a praticar yoga por conta própria, no conforto do meu lar, coisa que nenhum dinheiro nesse mundo compra. Pois é, eu realmente evito a todo custo contato de primeiro grau com humanos. Passei um bom tempo procurando e avaliando os melhores canais, filtrando o que me fazia bem, privilegiando aqueles com atualizações regulares e com bastante diversidade. O resultado está aí pra quem quiser! São canais que visito toda semana e que me ajudaram muito a aprender as técnicas básicas. Para aqueles que resolverem entrar nessa, recomendo paciência – prática é uma coisa que vem com o tempo, principalmente quando estamos aprendendo algo sozinhos.










5. NAMU

6 comentários:

Deise Lima disse...

Que bacana, moça!
Eu vou visitar todos esses canais depois!
Certa vez tentei começar Yoga sozinha, foi aí que conheci o canal Yoga with Adriane, que você também recomenda, eu achei maravilhoso, ela é uma fofa e tem uma voz deliciosa, mas não rolou!
Eu sou tão indisciplinada, mas tenho que parar com isso, pq tenho certeza que será bom pra mim, como já está sendo tão bom pra você! Espero que vc continue firme e melhore cada dia mais!
Um abraço!
D'cifrando

Ana Jähne disse...

hahahahaha... passei por todas essas "torturas" aí que você falou. academia, pilates, zumba... até que descobri o yoga e já faz um ano que näo paro mais. acho impressionante ver do que meu corpo é capaz e vê-lo mudar, poder mais. sem falar daquela sensaçäo boa pra alma ao deixar o studio depois do savasana. adoro e recomendo pro mundo todo!
pratico num studio, mas näo largo de fazer em casa também näo. dica massa säo esses canais! (näo conhecia nenhum. quando faço em casa, vou "de cabeça" mesmo com as coisas que aprendi nas aulas)

Crys disse...

thanks. vivo dizendo que vou procurar canais legais e tentar praticar, já q ando numa pegada mais ~zen~. você acaba de facilitar minha vida (ou acabar com minhas desculpas)

Unknown disse...

gente, te amei só isso mais nada, te amei só triste por não ter conhecido teu blog antes! há

Gabi Nascimento disse...

Obrigadaaaaa. Hoje mesmo eu começo! Obrigada, de coração! ♡

Jojo anninha disse...

obrigada!!! Adorei saber que não preciso ir pra academia puxar ferro pra ficar saudável ( baixar o colesterol, etc). Obrigada , mesmo! tava adiando ir pra uma academia, com tanta gente sarada e aquele papinho de açaí e alface rsrsrs

Postar um comentário